O Ministério de Relações Exteriores da República de Cuba, condena enérgicamente as declarações racistas, denegrantes e grosseiras do Presidente dos Estados Unidos da América, sobre o Haiti, El Salvador, Estados Africanos e de outros continentes, no decurso de uma negociação sobre a programa migratório conhecido como DACA, que ontem teve lugar na Casa Branca.

Estas declarações, cheias de ódio e desprezo, provocam indignação no povo cubano, orgulhoso do contributo que, ao longo da sua história, deu a nacionalidade a  descendentes de diferentes latitudes, particularmente africanos e haitianos, desde o momento em que ganhámos a nossa independência.

Cuba junta-se à forte rejeição que as ditas declarações mereceram em todo o mundo, especialmente nos países do Sul.

O Ministério dos Negócios Estrangeiros expressa a sua mais sincera solidariedade com todos os países ofendidos.

 

Fonte - Site Oficial do Ministério de Relações Exteriores de Cuba