Havana, 22 de dezembro - O presidente Raúl Castro reafirmou o espírito de resistência e de vitória do povo cubano referindo-se ao processo de recuperação dos prejuízos provocados pelo furacão Irma em setembro passado.

Ao encerrar o 10º Período Ordinário de Sessões da Assembleia Nacional do Poder Popular, em Havana, Raúl Castro sublinhou que estão em execução vários programas de construção de moradias nas comunidades afetadas pelos fortes ventos e chuvas acrescentando que essa tarefa será uma das prioridades do Estado no próximo ano.

O presidente cubano referiu-se também ao sucesso da primeira fase das eleições legislativas, correspondente aos delegados de base do Poder Popular, integrantes dos parlamentos municipais. Ao comentar o modesto crescimento da economia nacional em 2017, apontou que contribuíram para este resultado o setor do turismo e o incremento no transporte, comunicações, agricultura e construção civil.

No seu discurso, Raúl Castro afirmou que Cuba está disposta a dialogar com os EUA a partir do respeito mútuo e garantiu que o país não é responsável do recuo nas relações bilaterais. Lembrou que o presidente Donald Trump endureceu o bloqueio económico, comercial e financeiro imposto desde o começo dos anos 60,  apesar do reatamento dos laços diplomáticos.

Raúl Castro anunciou que deixará o cargo de Presidente em abril de 2018, quando tomarão posse os deputados da nova legislatura da Assembleia Nacional do Poder popular.

 

Fonte - Radio Havana Cuba