A missão permanente de Cuba nas Nações Unidas, emitiu uma nota no passado dia 10 do corrente mês em que insiste na exigência de Washington terminar com o sistema de sanções unilateralmente impostas à Nação Cubana.

A nota chama ainda à atenção para o caracter ilegal face ao Direito Internacional, deste Bloqueio total, que constitui o principal obstáculo ao desenvolvimento da Nação Cubana.

A nota salienta que dos 193 membros da Assembleia Geral da Nações Unidas, 191 aprovaram no ano passado uma resolução em que se exigia o fim do Bloqueio.

A representação Cubana, está a trabalhar num novo projeto de resolução a exigir o fim do Bloqueio que será posto à votação na próxima Assembleia Geral que se realizará em Outubro do corrente ano.

 

Fonte - Prensa Latina