Voto de pesar do Núcleo de Almada sobre o falecimento de Fidel Castro

O Núcleo de Almada da Associação de Amizade Portugal-Cuba, profundamente abalado pela notícia do falecimento do Comandante Fidel, vem solidarizar-se com o sentimento do povo cubano e de todos os homens de bem que, em muitas partes do mundo, compartem a dor da perda daquele que foi, e continuará a ser uma referência para todos os que procuram um caminho de paz e de progresso da humanidade.

Nós, os de Almada e da Associação de Amizade (com todos os povos e, antes dos demais, com o sacrificado e heróico povo cubano) queremos dar testemunho da nossa dor; mas também queremos manifestar a nossa convicção de que o desaparecimento físico de Fidel não retardará o progresso do seu povo.

Porque a Revolução que Fidel tão bem soube construir (como quem semeia e alimenta uma árvore) está já suficientemente forte para ultrapassar os desafios que os seus inimigos continuarão a colocar.

Queremos ainda manifestar a nossa indignação pelas indecorosas manifestações de júbilo dos anti-cubanos de Miami a que os meios de comunicação portugueses têm dado publicidade. Não tanto pelo regozijo desse lupen mas, fundamentalmente, pela sua obscena transmissão nos meios de comunicação portugueses.

Fidel foi e continuará a ser um Gigante.

Viva Fidel !